Água Clara/MS . 20 de Maio de 2022

notícias : Polícia

14/01/2022 as 10h34 / Por (Midiamax)

Mãe vai à polícia após levar filha 2 vezes em UPA e menina morrer em MS

Imprimir
  • (Henrique Arakaki, Midiamax) -
- Ocultar Galeria

Uma mãe de 22 anos procurou a Depca (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente), nessa quinta-feira (13) depois da filha de 3 anos morrer, na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Coronel Antonino, em Campo Grande.

A mãe contou na delegacia que na última quarta-feira (12), a filha passou a reclamar de dores abdominais e a mulher levou a criança a unidade de saúde por volta das 15 horas, onde foi pedido exames de urina e sangue. Foi ministrado para a menina dipirona e soro.

Ainda segundo o relato da mãe, a criança foi liberada para ir para casa, mas ela afirmou não ter tido acesso aos exames que a filha fez na unidade de saúde. Já na madrugada dessa quinta-feira (13), por volta das 3 horas da madrugada, a criança começou a passar mal novamente sendo levada pela mãe a UPA. 

Na unidade de saúde, o atendimento teria demorado cerca de 1 hora, segundo a mãe da menina. Novamente a médica teria recomendado o uso de soro, sendo feito também exames de raio-x. Logo após o exame, a criança começou a espumar pela boca tendo cinco paradas cardíacas. 

Foi tentada a reanimação, mas a menina acabou morrendo. A mãe disse que a filha era alérgica a azitromicina e que havia tomado todas as vacinas. O caso foi registrado como morte a esclarecer e é investigado na Depca. 

Entramos em contato com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), mas até o fechamento da matéria não obtivemos resposta.

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Prefeitura de Água Clara é contemplada com Caminhão Caçamba
Pecuarista é multado em R$ 330 mil por maus-tratos e morte de gado por falta de alimento em MS
Netflix vai proibir compartilhamento de senhas para pessoas de outra casa
Cidade de Mato Grosso do Sul está entre as 20 mais frias do País; Água Clara aparece na lista de MS
 Copyright 2012 . Portal gua Clara