Água Clara/MS . 09 de Maio de 2021

notícias : Polícia

10/07/2019 as 08h22 / Por (Midiamax)

Morre mulher que teve 45% do corpo queimado por marido em Campo Grande

Imprimir
  • Foto: Ilustrativa -
- Ocultar Galeria

Morreu na Santa Casa de Campo Grande, no último dia 26 de junho, uma mulher de 37 anos, que teve 45% do corpo queimado pelo marido. O crime aconteceu no dia 21 de maio e o suspeito já foi preso. Com a morte da mulher, já é o 6º caso de feminicídio em Campo Grande, só em 2019.

O crime aconteceu no dia 21 em Campo Grande e a polícia foi informada pela Santa Casa, após o casal ser levado para atendimento médico na unidade. O homem estava com as mãos queimadas e a mulher com o rosto, pescoço, abdômen e tronco com queimaduras de 2º grau.

Como ela estava sedada e entubada, os policiais ouviram o marido que relatou que os dois estavam bebendo pinga quando ele resolveu acender o fogo, com etanol, para fazer comida e as chamas se espalharam atingindo os dois. No entanto, uma testemunha teria dito a polícia que antes do incêndio ouviu gritos de socorro da mulher e discussão entre os dois, em seguida o fogo.

A polícia concluiu que o homem tentou matar a esposa queimada, devido aos relatos das testemunhas e a desproporcionalidade das queimaduras dele e de sua mulher, sendo que ele estava próximo ao fogão e não ela.

A delegada Joilce Silveira Ramos explicou que o suspeito foi indiciado pela tentativa de feminicídio, mas a polícia informará o judiciário sobre a morte da mulher para que o homem seja julgado pelo feminicídio.

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Água Clara recebeu mais 190 doses da vacina AstraZeneca
Jovem é presa com submetralhadora, cocaína e produtos furtados de transportadora em MS
Sem os pais, criança de 4 anos é encontrada por pedreiros andando por cidade de MS
Vídeo: Kombi pega fogo em posto de combustível no centro de Ribas do Rio Pardo
 Copyright 2012 . Portal gua Clara