Água Clara/MS . 09 de Dezembro de 2021

notícias : Notícias

20/09/2021 as 09h16 / Por (Campo Grande News)

Rota dos treminhões, BR-262 não tem plano de ser duplicada e Dnit usa 1 balança em MS

A BR-262 tem contratos de R$ 161 milhões para manutenção e conservação

Imprimir
  • - BR-262 é caminho para escoamento do eucalipto, que alimenta fábricas de celulose. (Foto: Marcos Maluf) - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS
- Ocultar Galeria

Rota da celulose e caminho dos gigantes treminhões, a BR-262 não tem previsão de duplicação entre Campo Grande e Três Lagoas. Já o peso dos veículos é monitorado por somente uma balança móvel, que atende a todo Mato Grosso do Sul.

No último dia 10, a reportagem percorreu a rodovia entre Ribas do Rio Pardo e Água Clara, numa viagem de solavancos, buracos e trepidações. A cadeia da celulose terá mais uma fábrica na região Leste do Estado, com a construção de nova unidade da Suzano em Ribas.


Questionado sobre a possibilidade de duplicação da rodovia entre Campo Grande e Três Lagoas, o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) informa que toda melhoria, seja ela adequação de capacidade ou duplicação, é permitida após Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental para tais empreendimentos. “No caso, não houve viabilidade para a duplicação”.

 
No trajeto, a reportagem também verificou que no trecho em que a rodovia corta a cidade de Ribas do Rio Pardo há muito fluxo de veículos. Eles cruzam a via de forma desordenada, com risco de acidentes. Neste caso, o departamento identificou necessidade de intervenção, mas não há recurso no orçamento para obras.

Travessia urbana em Ribas precisa de melhorias, mas não há dinheiro no Orçamento da União. (Foto: Marcos Maluf)
Travessia urbana em Ribas precisa de melhorias, mas não há dinheiro no Orçamento da União. (Foto: Marcos Maluf)

 

Segundo o Dnit, estudo confirmou a necessidade de “melhorias” na travessia urbana de Ribas do Rio Pardo. “A SR-DNIT/MS [superintendência] possui um anteprojeto de engenharia dessa travessia, porém com os parcos recursos de nossa LOA (Lei de Orçamento Anual), não conseguimos lançar novos empreendimentos, apenas a manutenção de nossas rodovias nos 3.200 km de extensão”.

Uma balança – O Dnit ainda informa que o pavimento da BR-262 foi dimensionado para suportar os treminhões, desde que com seu peso regulamentado.

“O DNIT/MS possui 01 balança móvel que atende todo o estado. A contratação de empresas para a execução desse tipo de serviço é realizada pelo DNIT Sede. No período de janeiro a setembro de 2021, foram realizadas várias operações de pesagem de veículos na BR-262/MS, totalizando 158 dias de trabalho, alcançando o resultado de 2012 veículos fiscalizados, sendo constatado algum tipo de excesso de peso em 1.983 veículos”. Os veículos com excesso de peso são autuados. 

Trecho entre Ribas do Rio Pardo e Água Clara tem obras do Dnit. (Foto: Marcos Maluf)
Trecho entre Ribas do Rio Pardo e Água Clara tem obras do Dnit. (Foto: Marcos Maluf)

Contratos – A BR-262 passa por obras de restauração, por meio de contrato com o Consórcio Ethos/Pavidez/Spazio. Firmado em 2017, o contrato abrange trecho entre os quilômetros 4 e 191 (Três Lagoas até o entroncamento de Santa Rita do Pardo).

“Hoje já encontra-se restaurado do km 15 ao Km 95, sendo que foram feitos mais 19 km de terceiras faixas nesse segmento. Ainda esse ano executaremos mais 11 km de pista e terceiras faixas”. Conforme a nota divulgada ao Campo Grande News, o valor do contrato a preço inicial é de R$ 149.999.999,00.

Neste ano, foi firmado contrato de manutenção com empresa LCM, no trecho Água Clara a Ribas do Rio Pardo, com valor de R$ 11.193.100,00. 

Asfalto deteriorado em rodovia no caminho para Àgua Clara. (Foto: Marcos Maluf)
Asfalto deteriorado em rodovia no caminho para Àgua Clara. (Foto: Marcos Maluf)

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
JBS oferece 300 vagas de emprego para unidade em MS
Decreto de MS concede isenção de IPVA na 1ª tributação para motos de até 150 cilindradas
Mais de 200 mil doses da Janssen chegam a MS e começam a ser distribuídas aos municípios
Projeto 'Anjos Abandonados' é criado para resgatar, cuidar e doar animais em situação de rua em AC
 Copyright 2012 . Portal gua Clara