[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
CLIQUE PARA FECHAR
Água Clara/MS . 19 de Novembro de 2018
notícias : Notícias

16/10/2018 as 09h28 / Por (Campo Grande News)

Recém-nascida morre após transporte em ambulância com problemas em Três Lagoas

Imprimir
- Ar condicionado do veículo, que poderia ajudar a equilibrar a temperatura, também apresentou defeito. (Foto: JP News/arquivo)
- Ocultar Galeria

Uma gêmea recém-nascida morreu no último sábado (13) após transporte de Três Lagoas a Campo Grande. A mãe de 23 anos chegou ao Hospital Nossa Senhora Auxiliadora com seis centímetros de dilatação e o parto foi feito de forma urgente, sem a estrutura de UTI Neonatal necessária.

Conforme o Perfil News, a mãe completava 30 semanas de gestação e devido à complexidade do caso, o ideal seria que o procedimento fosse realizado em uma UTI Neonatal. No entanto, o único hospital da região que oferece o serviço é o Cassems – que não atende SUS.

O parto foi realizado no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora e devido a precariedade da saúde das meninas foi solicitada uma ambulância UTI do município para fazer a remoção à Campo Grande.

Defeitos - Em Água Clara, de acordo com o relato do médico que acompanhava a recém-nascida no transporte, o ventilador de transferência apresentou problema e a incubadora parou de aquecer.

O ar condicionado do veículo, que poderia ajudar a equilibrar a temperatura, também apresentou defeito, não conseguindo resfriar ou aquecer o ar no interior do veículo. A menina chegou com vida ao hospital na Capital, mas após 3h não resistiu e morreu na Santa Casa de Campo Grande.

A ambulância retornou a Três Lagoas e no período da tarde, a segunda bebê precisou da UTI neonatal. Foi solicitada a transferência, mas o médico que acompanhou a primeira criança desautorizou o transporte, relatando problemas técnicos na ambulância e na incubadora.

Mandado de Segurança - A família conseguiu um Mandado de Segurança exigindo que o município transferisse a criança ao Cassems, sob pena de multa de R$ 5 mil por hora de descumprimento da sentença.

Entretanto, antes que a sentença fosse publicada, o HNSA autorizou a transferência para Campo Grande, com a justificativa da situação da criança. Segundo o Hospital, a equipe de enfermagem fez o check-list de vistoria nos equipamentos e seu funcionamento e garantiu que o transporte da criança estaria seguro. Dessa forma, quando a liminar foi expedida, a criança já estava a caminho de Campo Grande. A criança chegou a tempo de receber o tratamento adequado na capital.

A Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Três Lagoas esclareceu a situção por meio de nota, nesta segunda-feira (15) e informou que a Secretaria de Saúde não foi acionada para atender o caso,. Além disso, pontuou que a ambulância está equipada para atendimento de emergência e que o aparelho que apresentou defeito pertence ao hospital Auxiliadora.

Sobre a instalação de UTI Neonatal, o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora afirmou que tem projetos para atender aos recém-nascidos de alto risco, mas faltam recursos para investimento.

"Atualmente, o projeto arquitetônico da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal/UTIN e seus componentes (Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal Convencional/UCINCo, Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal Canguru/UCINCa e Banco de Leite Humano/BLH) deve ser executado ao lado da maternidade, que hoje está a Unidade Cirúrgica do Hospital Auxiliadora.

Portanto, além do próprio recurso da UTIN e seus componentes, seria necessário o recurso para um outro local de Unidade Cirúrgica, de maneira a comportar a quantidade de pacientes regulados para esta unidade cirúrgica, que hoje não dispomos", afirmou, em nota.

Dada a urgência da situação, a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Vilma Portela, afirmou que chamará os conselheiros para uma reunião extraordinária para exigir que o convênio entre o Município e a Cassems seja firmado o mais breve possível para uso da UTI Neonatal.

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Filho de 22 anos ameaça pai que negou dinheiro de mesada em MS: 'Vou voltar aqui com uma pistola'
Polícia apreende 820 kg de maconha em rodovia de MS
PF apreende 30kg de cocaína escondida em veículo em Três Lagoas
Consumo de etanol cresce 48,7% e de gasolina cai 8% em MS
© Copyright 2012 . Portal Água Clara