[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
Água Clara/MS . 23 de Setembro de 2014
notícias : Notícias

11/10/2013 as 09h21 / Por (Blog Marcos Eusébio)

Garota deixa emprego e faculdade depois de vídeo de sexo se tornar "viral" na internet

Imprimir
- Ocultar Galeria

Uma garota de 19 anos de Goiânia disse à polícia que teve de se afastar do emprego e da faculdade em Goiânia depois de ficar conhecida Brasil afora por causa de um vídeo em que ela faz sexo oral no amante e faz o sinal de "OK" com os dedos que se espalhou pelo Whatsapp e depois na internet. O assédio aconteceu depois que uma pessoa - ainda não identificada - divulgou o perfil que a jovem conhecinha como "Fran" mantinha no Facebook. O texto informava o local onde a garota trabalhava, a faculdade em que estudava e até seu número do celular. Só então a jovem procurou polícia para registrar ocorrência por difamação. A delegada Ana Elisa Gomes Martins, da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) de Goiânia (GO) disse que pessoas do Brasil inteiro procuraram a jovem para fazer propostas sexuais. “Chegaram a ir ao trabalho dela e mandaram mensagens” afirmou a delegada. O acusado de ter gravado o vídeo é Sérgio, de 22 anos, com quem ela tinha uma relação extraconjugal. A jovem disse à polícia que a gravação de vídeos durante o ato sexual era prática comum do casal, que se encontrava em um motel de Goiânia, mas afirmou que nunca permitiu a divulgação do material. “Ela informou que nunca autorizou a publicação dos vídeos. Agora a jovem está visivelmente abatida”, destacou Ana Eliza. O advogado do rapaz limitou-se a dizer que o cliente só deverá prestar depoimento à polícia nesta sexta-feira (11). A delegada disse que o rapaz continua casado e que a esposa não acredita que ele realmente tenha feito a gravação. (Com informações do Diário da Manhã-GO e do Correio Braziliense)

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Narcotráfico é suspeito de sequestrar avião de candidata
Concursos públicos oferecem mais de 8 mil vagas com salários de até R$ 11 mil
Energisa eleva dívidas em quase 400% com a Enersul
Deputados de MS são alvo do STF e tiveram sigilo bancário quebrado
© Copyright 2012 . Portal Água Clara