/** PIXELS **/ /** PIXELS **/ Água-Clarense autodidata interpreta 'modão' em libras e ganha reconhecimento nacional - Portal Água Clara
[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
Água Clara/MS . 26 de Maio de 2020
notícias : Água Clara

03/04/2020 as 09h25 / Por Bruna Vasconcelos (Midiamax)

Água-Clarense autodidata interpreta 'modão' em libras e ganha reconhecimento nacional

Nicoli Viola já foi chamada para outros projetos

Imprimir
(Reprodução, Youtube) -
- Ocultar Galeria

Uma amizade de infância fez Nicoli Sabrina Ferreira Rodrigues se apaixonar por libras. Autodidata, a jovem de Água Clara usava a língua de sinais para se comunicar com uma das melhores amigas, aos 8 anos. Com o passar do tempo, Nicoli Viola, como é conhecida na cidade, fez da paixão uma profissão. A estudante foi convidada por uma famosa dupla sertaneja para interpretar um “modão” e acabou atraindo olhares de empresários de todo o país.

A história de Nicoli com a música vem desde o avô violeiro, que rendeu a herança do “sobrenome” Viola a todas as gerações da família, em Água Clara. Quando era criança, Nicoli conheceu Marcela Carvalho, uma garota surda que viraria sua comadre anos mais tarde. Com a ausência de um intérprete na escola, Marcela contava com o esforço da amiga para se comunicar.

“Fui desenvolvendo a Libras por causa dela. No segundo ano do colegial eu era a que mais sabia falar e ficava interpretando no colégio”.

Aos poucos, Nicoli foi se apaixonando pela língua de sinais e resolveu fazer um curso na área para aprimorar o conhecimento. No fim do segundo grau, com o afastamento natural dos adolescentes, a jovem procurou outras formas de continuar praticando Libras. A intenção era não esquecer tudo que havia aprendido e foi aí que surgiu a ideia de interpretar músicas.

“Resolvi unir duas coisas que eu amo, libras e música”.

Em fevereiro deste ano, quando soube que a dupla Di Paullo e Paulino iam fazer um show em Água Clara, Nicoli viu a oportunidade de gravar um vídeo de aniversário da cidade, em libras, com os músicas. Ela pediu a ajuda da mãe e as duas montaram uma força-tarefa para chegar até os artistas. A jovem explicou sobre o sonho de gravar com eles o refrão de uma música em libras e recebeu o convite dos próprios cantores para um café.

“Conversamos e os assessores deles me convidaram para fazer a gravação da música Estrelinha e divulgar nas redes deles.”

O projeto deu tão certo que outros empresário do Brasil chamaram Nicoli para trabalhos em Libras. Por causa da pandemia, a estudante precisou adiar as viagens, mas garante que está ansiosa e com muita expectativa para os novos projetos. A estudante também usa o canal no YouTube e o perfil no Instagram para interagir com deficientes auditivos.

“Estou sempre me aperfeiçoando. É muito gratificante você perceber que está fazendo diferença pras pessoas, tanto deficiente auditivo como familiares. Um rapaz da Bahia me mandou mensagem pelo instagram e relatou que ainda é difícil ter essa tradução socialmente.”

 

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Água Clara registra 142 casos confirmados de Dengue e alta incidência preocupa
Homem de 42 anos é o novo caso suspeito de Covid-19 em Água Clara
Com apoio da Suzano, produção de mel de Três Lagoas e região bate novo recorde
PR: menino de 9 anos mata irmã mais nova com arma artesanal
© Copyright 2012 . Portal Água Clara